The Academic Society (TAS)

The Academic Society Journal (TASJ)

©2019 por The Academic Society (TAJ)

Análise da biocompatibilidade de parafusos de fixação de próteses de fêmur em liga de titânio ASTM F136

Souza CMP, Cioca VV, Militão VA e Silva Jr WC

RESUMO

A área de biomateriais passa por uma constante evolução, pois a cada ano que se passa novos biomateriais são desenvolvidos visando redução de custo, osseointegração, biocompatibilidade entre outros fatores. Neste trabalho tem por objetivo a realização da análise da composição química dos parafusos de fixação de prótese de fêmur, fabricados em liga de titânio ASTM 136. A utilização de ligas de titânio em aplicações ortopédicas, odontológicas e aeronáuticas tem aumentado nas últimas décadas. As propriedades características da liga ASTM 136 conferem boa resistência à corrosão aplicada em meios biológicos com alto grau de biocompatibilidade. Para realizar a análise dos elementos químicos que fazem parte da composição dos parafusos de fixação da prótese foram utilizados o Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV) e a espectroscopia de raios X por dispersão em energia (EDS). Com os ensaios finalizados, os resultados foram comparados com a norma ASTM F136. Os parafuso apresentaram uma grande quantidade de Carbono e Nitrogênio, deste modo, houve um aumento da dureza do parafuso realizando uma mudança no comportamento das propriedades plásticas, fazendo com que elas diminuíssem.

Palavras-chaves: Prótese ortopédica, parafuso de fixação de prótese de fêmur, Microscópio Eletrônico de Varredura, EDS.