The Academic Society (TAS)

The Academic Society Journal (TASJ)

©2019 por The Academic Society (TAJ)

Internet das coisas em ambiente acadêmico: Estudo de caso sobre a viabilidade de aplicação no controle de inventário de bibliotecas

Ximenes RD, Silva MG, Ferreira GAB, and Santin LR

RESUMO

O conceito Internet das Coisas (IOT) utiliza a identidade eletrônica para troca de informações entre objetos. O conceito de rastreabilidade é baseado na necessidade de identificar as etapas que o produto percorreu ao longo de toda a cadeia de suprimentos. Tecnologias de identificação de produtos, como RFID (Radio Frequency Identification), ajudam neste processo de rastreamento. Este trabalho tem por objetivo apresentar a tecnologia RFID como uma facilitadora de processos em diferentes áreas de atuação, com enfoque principal na aplicação deste sistema em bibliotecas, através da história de seu surgimento, os benefícios alcançados por seu uso em algumas de suas várias áreas de aplicações apresentadas neste trabalho. Além disso também tem o objetivo de analisar os benefícios, a viabilidade e necessidade da implantação desta tecnologia na biblioteca do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) campus Boituva. Para tanto, foi feito um levantamento bibliográfico dos conceitos de RFID, bem como sua origem e seus componentes, e uma breve comparação com outro sistema de identificação automática. Em seguida, na segunda fase onde foram levantadas as principais áreas nas quais essa tecnologia é utilizada, incluindo seu uso em outras bibliotecas que já adotaram esse sistema. Com base nesses dados, foi realizada uma entrevista com o bibliotecário do Instituto Federal de São Paulo campus Boituva, utilizando questões abertas, a respeito de seu conhecimento sobre RFID, sobre o funcionamento da biblioteca sem este sistema, e sua visão a respeito dos benefícios da que esta tecnologia pode oferecer no seu ambiente de trabalho.  

Palavras-chaves: IoT, RFID, Blioteca, Inventário, Radio Frequency Identification.